• Da Redação

Reeducandos colhem mais de 40 mil espigas de milho

A safra do Centro Regional do Agreste (CRA), em Canhotinho, Agreste do Estado, plantada por 60 detentos do regime semiaberto será colhida até o dia 20 de junho



Do Governo de Pernambuco

Foto: Divulgação Seres


Graças aos reeducandos, não vão faltar comidas típicas de milho nas festas juninas das unidades prisionais de Pernambuco. A safra – em torno de 35 mil espigas - do Centro Regional do Agreste (CRA), em Canhotinho, Agreste do Estado, plantada por 60 detentos do regime semiaberto será colhida até o dia 20 de junho e distribuída entre as unidades do Estado, todas ligadas à Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).


A Colônia Penal Feminina de Buíque (CPFB), no Agreste Pernambucano, também terá a sua participação nas guloseimas do período junino. As reeducandas plantaram três mil pés de milho e vão colher mais de quatro mil espigas, essas servirão para a festa da própria unidade prisional. As três colônias penais femininas: de Buíque, do Recife e de Abreu e Lima estão preparando uma programação especial para o São João.


#maisjaboatao#jaboatao #milho


2 visualizações