top of page
  • Da Redação

Câmara do Jaboatão envia nota sobre operação policial que afastou vereador e assessores

A ação da Polícia Civil, realizada nesta terça (20), investiga um esquema de rachadinhas

Foto: Divulgação


A Câmara do Jaboatão dos Guararapes publicou uma nota após a Polícia Civil realizar uma operação intitulada "Diké", nesta terça-feira (20/12), contra um esquema de rachadinha. A ação provocou o afastamento dos cargos de um vereador e de seis assessores. Segundo o texto, a Mesa Diretora da Câmara "desconhece o teor da operação realizada" e que segue à disposição dos órgãos fiscalizadores para qualquer esclarecimento.


Leia a nota abaixo:


A Mesa Diretora da Câmara de Jaboatão desconhece o teor da operação realizada pela Polícia Civil, na manhã de hoje (20/12).


A Casa reafirma seu compromisso com a ética e as boas práticas na administração pública como norteadoras da atual gestão, não tendo conhecimento de qualquer atitude que desabone a conduta de servidores ou parlamentares.


A Câmara segue, portanto, à disposição dos órgãos fiscalizadores, como sempre esteve, para qualquer esclarecimento.


Jaboatão, 20 de dezembro de 2022.


SAIBA MAIS


Polícia Civil investiga esquema de rachadinha na Câmara do Jaboatão


Vereador e seis assessores são afastados após investigação de rachadinhas na Câmara do Jaboatão


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #jaboataodosguararapes #polícia #pcpe #pernambuco

bottom of page