• Da Redação

Xilogravura e cordel são os homenageados do Galo da Madrugada 2020

O maior bloco do mundo lança também o selo de Guardião da Cultura e manifesto “ Eu Me Manifesto Pelo Planeta” por um carnaval mais sustentável



Da Assessoria de Imprensa

Foto: José Marcos


O Galo da Madrugada é autoridade suprema do carnaval de Pernambuco e vitrine cultural do Estado. A responsabilidade de carregar o título de maior bloco do mundo ganhará um novo significado em 2020, no 43ª desfile da agremiação, quando o majestoso anfitrião erguerá as bandeiras da cultura popular e da sustentabilidade. Com o tema “Xilogravuras no Cordel do Frevo”, o cortejo vem homenagear a Literatura de Cordel e a xilogravura na figura do mestre J. Borges, presença confirmada na criação das peças e no desfile, que no próximo ano será no dia 22 de fevereiro, tradicional Sábado de Zé Pereira.


Para Rômulo Meneses, presidente do Galo da Madrugada, a escolha do tema faz parte do ativismo da agremiação em promover a reflexão do público sobre a importância da cultura e do folclore enquanto agregadores da sociedade. “A nossa arte é rica, faz de nós quem somos. Dar destaque à poesia, ao artesanato e a pintura popular do nordeste é dar oportunidade, estimular e influenciar novos artistas. É fortalecer nossas raízes”, diz. 


A xilografia narra a vida da população sertaneja. Imbicando junto à xilogravura, pela integração entre seus temas, o cordel se tornou uma das mais importantes manifestações da cultura popular brasileira e um dos principais responsáveis pela perpetuação do folclore nordestino. Entre os principais xilógrafos brasileiros estão nomes como Gilvan Samico (PE), Abraão Batista (CE), José Costa Leite (PB), José Lourenço (CE) e os irmão Amaro Francisco (PE) e J. Borges (PE).


Entalhando experiências do cotidiano sertanejo, retratando as tradições nordestinas e o dando voz ao imaginário popular, o artista José Francisco Borges, – popularmente conhecimento como J. Borges – é um dos nomes mais celebrados da xilogravura mundial, tendo angariado prêmios nacionais e internacionais com sua arte. Com mais de 200 publicações e reconhecido com Patrimônio Vivo de Pernambuco desde 2005, o xilógrafo foi o escolhido para representar os artesãos de todo país no desfile do Galo da Madrugada. Foi a partir da matriz xilográfica criada por J. Borges para o Galo da Madrugada, em junho deste ano, que a logomarca comemorativa para o Carnaval 2020 foi criada.


EU ME MANIFESTO PELO PLANETA

Chamar atenção, engajar, despertar a consciência, educar e inspirar transformações à base de sorrisos para dar voz às necessidades urgentes do planeta. Em 2020, o Galo da Madrugada também abraçará sua responsabilidade socioambiental e terá seu SELO SUSTENTÁVEL: EU ME MANIFESTO PELO PLANETA lançado oficialmente hoje, que chega com o objetivo de conectar folia e propósito para transformar a sociedade e o mundo.


O MAIOR BLOCO DO PLANETA AGORA SERÁ TAMBÉM O MAIOR MOVIMENTO PELO PLANETA, COM O MANIFESTO VERDE, POR UM CARNAVAL                                               MAIS SUSTENTÁVEL.


Para o Rômulo Meneses, a Cultura e a música tem a força para mobilizar as pessoas a construírem um mundo melhor e mais sustentável. Entendendo a necessidade e urgência de arregaçar as mangas e colocar em prática ações que ajudem a minimizar os impactos negativos do homem no planeta, o Galo da Madrugada 2020 lança este manifesto. 

Sua ‘asa’ de sustentabilidade assume o compromisso de alertar a população para os grandes problemas do nosso planeta e promover a disseminação de ações socioambientais.


Essa parceria entre grandes eventos e as causas globais mostrando que festivais devem ir muito além da diversão e de entretenimento trazem resultados gigantescos historicamente. “Vamos levantar a bandeira da sustentabilidade e agregar ainda mais propósito à existência desse personagem-movimento tão importante e, a manifestação que já se manifestou para promover apenas alegria, a partir de agora se manifestará para promover alegria e transformação”, reforça Rômulo. 


O plano de sustentabilidade do Galo da Madrugada será coordenado Sérgio Xavier, ex secretário de Meio Ambiente de Pernambuco e criador da plataforma Circularis – uma rede de serviços de inovação para o fomento da economia circular – em parceria com representantes de órgãos públicos, empresas e ONGs. A programação oficial é que até dezembro deste ano seja lançado o Plano de Gestão e Sustentabilidade do Galo da Madrugada 2020 que apresentará todo o mapeamento dos impactos negativos e plano de execução com as metas e resultados para potencializar o compromisso do Galo com o meio ambiente. 


Cadeias que serão positivamente impactadas: Gestão de Resíduos; Transportes; Fornecedores e Produtos; Alimentos; Compensação de CO2 com plantio de árvores; Gestão de Impacto; Metas e Comunicação; Local e Infraestrutura. Com ênfase para: Eficiência Hídrica; Eficiência energética; Redução da Geração de GEE; Redução da Geração de Resíduos.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #cultura #tradição #galodamadrugada #recife #carnaval

3 visualizações