• Da Redação

Suspeito de liderar organização responsável por homicídios em Jaboatão

Acusado foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima,





Do Jornal do Commercio

Foto: Divulgação/ PCPE


A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) prendeu, nesse sábado (1º), homem apontado como o principal líder de organização criminosa responsável por praticar homicídios nos bairros de Vista Alegre, Jaboatão Centro, Santo Aleixo e Vila Rica, todos em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. B. R. M. A é considerado "de altíssima periculosidade" e um dos alvos prioritários do Estado.


Desde 2018, 121 assassinatos foram registrados nestas comunidades. “Não estamos querendo dizer que ele efetivamente praticou os 121, mas que essa guerra promovida por ele causou 121 mortes nessas localidades”, pontuou o delegado Cláudio Neto, comandante da equipe da Divisão de Homicídios Metropolitana Sul (DHMS/DIRESP), braço que efetuou a prisão, esforço da Operação Sutura. As informações foram divulgadas em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (3).


Segundo a PCPE, o suspeito seria envolvido com o tráfico de drogas e armas. Para exercer sua dominação na região, ele ordenaria ou autorizaria a prática dos assassinatos de pessoas com dívidas ou ligadas aos grupos rivais. 

O suspeito chegou ficar sob custódia do Estado em 2018, mas foi libertado por quatro homens armados com fuzil logo após passar por audiência judicial. 


“Ainda que foragido, ele comandava bem de frente o tráfico de drogas na comunidade e vinha aliciando menores para a prática desses crimes, com intensa ameaça às testemunhas”, detalhou o delegado. “Inclusive, temos áudio dele avisando que iria cortar a cabeça se alguém fosse avisado”, disse.


As investigações que levaram à sua recaptura tiveram início em 2019. “É um criminoso que passou por diversos estados do Nordeste. Muito esperto, com extrema inteligência para o sentido do mal, ele conseguia se furtar dessas ações policiais”, contou o policial.

Apesar de atuar em Jaboatão, ele foi preso em São José do Mipibu, no Rio Grande do Norte, por uma equipe de seis policiais civis. 


“Há cerca de 40 dias, iniciamos uma operação justamente para efetuar sua captura. Fomos algumas vezes para estados como Paraíba e três vezes para o Rio Grande do Norte. Conseguimos localizar a residência que ele possivelmente estaria morando, e, a partir de então, promovemos uma série de diligências. Na última vez que lá estivemos, chegamos na sexta (31), iniciamos investigações, e no sábado (1º) conseguimos localizá-lo e efetuar sua prisão”, resumiu.


O homem estava em casa com a esposa e seus oito filhos. “Achamos por bem que ele fosse capturado do lado de fora. Assim, não daria tempo de ele se armar ou colocar as crianças em risco. Por esse motivo levamos mais de 1 dia para prendê-lo. No sábado, ele acabou saindo com sua esposa e um dos filhos no banco de trás. Nesse momento, o perseguimos, e de forma com muita cautela conseguimos abordá-lo no meio da cidade. Ele não teve qualquer tipo reação”, relatou.


O acusado foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, também no Grande Recife.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #polícia #vista alegre, #jaboatãocentro #santoaleixo #vilarica

7 visualizações