• Da Redação

Sinproja rejeita proposta da Prefeitura do Jaboatão

O Governo Municipal propõe um reajuste salarial correspondente ao piso do magistério, de 4,17%, dividido entre os meses de julho e outubro


Da Assessoria de Imprensa

Foto: Henrique Lima

O SINPROJA e os trabalhadores em Educação do Jaboatão dos Guararapes realizaram, nesta terça-feira, 4 de junho, Assembleia Geral, no Clube dos Ferroviários, em Jaboatão Centro, onde, após um longo debate e várias intervenções, a categoria decidiu rejeitar a proposta apresentada pelo Governo Municipal, para o reajuste salarial educacional 2019.


No ofício entregue ao Sindicato, a Prefeitura propõe um reajuste salarial correspondente ao piso do magistério, de 4,17%, aplicados da seguinte forma: 2% a partir do mês de julho/2019 e, o percentual necessário para completar o índice de 4,17%, a partir de outubro/2019.

A categoria acredita que, a gestão municipal, pode evoluir nesta proposta apresentada, e convocou, próxima Assembleia Geral, para o dia 13 de junho [quinta-feira], onde será a data limite para, que o governo, convoque a comissão de negociação e apresente nova proposta para a Campanha Salarial Educacional 2019.


#maisjaboatao #jaboatap #educação #sinproja

28 visualizações