top of page

Robson Leite sobre área de construção dos prédios às famílias de Monte Verde: "isso é desumano"

Segundo o ex-vereador, a gestão doou um terreno, em Nova Prazeres, na região da Muribeca, àrea que sofre com alagamentos

Foto: Reprodução/Divulgação


O advogado e ex-vereador de Jaboatão dos Guararapes, Robson leite, publicou um vídeo sobre a reportagem publicada pela TV Globo onde o representante do Governo Municipal informou que a gestão doou dois terrenos ao Governo Federal, situado no Loteamento Cidade Guararapes, também conhecido como Nova Prazeres, região da Muribeca, para a construção de habitacionais às famílias de Jardim Monte Verde que foram vítimas das chuvas, ano passado, com registro de 47 das 64 mortes que aconteceram no município. Segundo ele, a área possui alagamentos. O outro terreno fica localizado no bairro de Sucupira. 


"Isso é uma coisa tão vergonhosa que a Prefeitura está fazendo que é preciso urgentemente repudiar... Dois anos se passaram desde quando esse Loteamento Cidade Guararapes teve um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) e não foi cumprido com a Prefeitura. Tudo o que foi acertado, de fazer com a gestão, não foi cumprido pela construtora que vendeu os loteamentos. E, hoje, o Governo Municipal não está fiscalizando", denunciou Robson.


De acordo com ex-vereador, essa mesma construtora está vendendo ou disponibilizando o terreno, na Quadra 24, em Nova Prazeres, para a construção de um habitacional. "Você vai transferir um camarada, uma família, um cidadão que já sofreu, que já perdeu parentes de um lugar que representa mortes naquelas barreiras para trazer para um lugar que apresenta alagamento e, de novo, uma perca de bens e de patrimônios e um novo sofrimento para essas famílias", completou.


CÂMARA - A Câmara de Vereadores aprovou um Projeto de Lei, enviado pelo Governo Municipal, de doação de terrenos do município para o Governo Federal com a proposta de construir 305 unidades habitacionais. As áreas estão localizadas na Quadra 24, no Loteamento Cidade Guararapes, também conhecido como Nova Prazeres e, a outra, no bairro de Sucupira.  Os terrenos possuem áreas equivalentes a um campo de futebol.


O presidente da Câmara,  Adeíldo da Igreja, falou que o projeto virou lei em abril do ano passado. O secretário Executivo de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Jaboatão, Edson Queiroz, informou que a gestão aguarda resposta do governo federal sobre aprovação do projeto. não há prazo para o início das obra e, também, ainda será definido o programa e o ministério que financiará esses habitacoinais.


RESPOSTA - O portal de notícias enviou uma nota de esclarecimento à Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes.

Comentarios


bottom of page