• Da Redação

Renato Antunes: ‘A gente não pode tratar Jaboatão dos Guararapes como moeda de troca’

Parlamentar é aliado do atual prefeito do município, Anderson Ferreira (PL), que faz dura oposição aos governos socialistas



Da Folha de Pernambuco

Foto: José Britto/ Folha de Pernambuco


Líder da oposição na Câmara do Recife, o vereador Renato Antunes (PSC) criticou o uso de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, como moeda de troca nas eleições deste ano. Com a declaração, o legislador insinuou que o PSB estaria por trás do projeto majoritário do ex-deputado federal Silvio Costa (PT) no município. Antunes é aliado do atual prefeito do município, Anderson Ferreira (PL), que faz dura oposição aos governos socialistas e tem um projeto engatilhado para disputar o Governo do Estado em 2022.


“A gente não pode tratar Jaboatão dos Guararapes como moeda de troca, eu falo porque eu sou cidadão e vereador do Recife, mas Jaboatão é uma cidade vizinha, é importante, muitos residentes inclusive moram aqui, mas trabalham lá ou, moram lá e trabalham aqui", provocou, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7, nesta segunda-feira (9).


O legislador ainda avançou na provocação que Silvio Costa precisa conhecer o município da Região Metropolitana do Recife, antes de tocar o sua candidatura majoritária. Segundo Antunes, Costa "tem que contratar alguém que possa levá-lo" a percorrer a cidade. "Se o deputado Silvio Costa quer disputar a eleição, que ele apresente um projeto, que ele ande por Jaboatão, mas eu fiquei sabendo é que o deputado sequer sabe andar em Jaboatão, tem que contratar alguém que possa levá-lo. Então, de fato, é porque não conhece”, alfinetou.


Oposição

Sobre a escolha do candidato da oposição na disputa pela Prefeitura do Recife, Renato Antunes disse que os antagonistas podem adotar a estratégia de múltiplas candidaturas, mas que deverão se unir em um eventual segundo turno. Ele destacou que há vários nomes fortes para a disputa como os deputados federais André Ferreira (PSC) e Daniel Coelho (Cidadania) e o ex-deputado Mendonça Filho (DEM).


“A gente vem de um contexto de vinte anos do PT e do PSB que governam a Capital do Recife e é natural que a gente venha apresentar uma proposta diferente para a cidade.” , disse.


Recife

Ainda durante a entrevista, Renato Antunes negou que sua proposta de conceder o título de cidadã do Recife para a pré-candidata à Prefeitura do Recife, Patrícia Domingos (Podemos), tenha um objetivo eleitoral. A delegada é carioca e poderá disputar um mandato eletivo pela primeira vez neste ano. O vereador também relatou que tem tido conversas com seus pares nas Casa de José Mariano e que aposta em um voto imparcial dos vereadores.


“Patrícia é delegada, servidora pública, uma carioca, mas já está em Recife, mora no Recife, vive no Recife, tem prestado bons serviços e nada mais justo que a gente homenageá-la com esse título”, ressaltou.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #partido #podemos #cidadania #eleição #eleições2020



0 visualização

Posts recentes

Ver tudo