• Da Redação

Prefeitura de Jaboatão realiza ação de apoio a pessoas em situação de rua

Serviço está sendo oferecido de segunda a sábado, das 8h ao meio-dia em Jaboatão Centro e Prazeres



Do Diario de Pernambuco

Foto: Divulgação


A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes iniciou, nesta quarta-feira (25), uma ação de apoio às pessoas em situação de rua no enfrentamento ao coronavírus. No projeto são oferecidos banhos, materiais de higiene pessoal, roupas e refeições. Os assistentes sociais ainda orientam sobre os cuidados para evitar o contágio e para aqueles quem têm famílias a recomendação é que retornem para casa. O serviço está sendo oferecido de segunda a sábado, das 8h ao meio-dia, na Praça Viaduto Geraldo Melo, em Prazeres, e na Casa da Cultura, em Jaboatão Centro. 


Além das pessoas em situação de rua que já são cadastradas pela Secretaria de Assistência Social, outras estão sendo abordados pelos agentes sociais para também serem atendidos pelo serviço. Neste primeiro dia foram cerca de 80 pessoas atendidas. 

“Nossa gestão já presta atendimento a essa população que vive numa situação de alta vulnerabilidade, no Centro de Atendimento à População em Situação de Rua, mas decidimos descentralizar o atendimento em Prazeres e em Jaboatão Centro. Os locais escolhidos são mais amplos e ideais para realizar essa ação de forma mais humanizada. São pessoas que precisam de todo o nosso apoio, principalmente, num momento tão preocupante que estamos vivendo. Continuamos com as nossas ações preventivas e alertando aos jaboatonenses que permaneçam em casa. A situação é grave e é necessário a compreensão de todos”, ressaltou o prefeito Anderson Ferreira

O flanelinha Valter Carlos da Silva de Melo, que tem 21 anos e há dois vive em situação de rua, foi um dos primeiros a tomar banho e receber a refeição, nesta quarta-feira. “Minha família morreu e agora só tem eu. Agente que vive na rua passa por muita necessidade e quando vem uma ajuda como essa, a gente tem que agradecer”, disse.

Outra pessoa contemplada pela ação foi Mariza Alexandra de Melo, de 43 anos. Ela disse que apesar de ter seis filhos e irmãos, vive em situação de rua. “Meus pais morreram e só um irmão que manda uma ajuda. Estou há oito anos na rua numa vida de muita violência. Mas o pessoal da Assistência Social mandou eu vir aqui e foi muito bom. Já tomei banho, comi bem e ganhei roupa. Amanhã venho de novo”, contou.

O Centro POP, localizado na rua Emiliano Ribiro, em Prazeres, continua realizando o cadastro, dando orientações e cedendo local onde essas pessoas em situação de rua podem lavar as roupas.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #saúde #prevenção #coronavírus #covid19 #pessoas

1 visualização