• Da Redação

Polícia investiga morte de jovem que caiu do 6º andar de hotel em Jaboatão

Foi instaurado inquérito policial para apurar o caso na Delegacia de Piedade e que mais informações serão repassadas em momento oportuno, para não atrapalhar o andamento das investigações.





Do JC

Foto: JC Imagem/Arquivo


Polícia/Jaboatão


A Polícia Civil investiga a morte de jovem que caiu do 6º andar de hotel em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Ainda não se sabe se foi um acidente ou se ela foi jogada. A família conta que Vanessa Fernanda Barbosa dos Santos morava há um ano com o namorado. Os parentes visitaram o htel e pediram imagens das câmeras de segurança, mas não tiveram respostas. Eles souberam aind que a jovem foi vista no estacionamento horas antes do ocorrido.


"Ligaram para mim informando que Vanessa tinha sofrido um acidente. Eu sei que a polícia está trabalhando, dando seu melhor, e estou esperando elucidarem esse crime", disse o pai da vítima, Antônio Santos.


A família conta que a jovem tinha se afastado de amigos e parentes, e acredita que o relacionamento tenha sido o motivo. "Eu criei Vanessa como se fosse um passarinho. Tudo o que ela ia fazer, ela comunicava. Mas, de um ano para cá, Vanessa se afastou da família, tanto martena quanto paterna. Eu estou esperando as investigações para saber o que aconteceu".


Entre os parentes, Vanessa era conhecida como uma pessoa tranquila e muito esforçada. A jovem teria vindo do interior do Estado paa estudar enfermagem no Recife e morou com um primo. "Ela sempre foi muito caseira, estudava, até começar a mudar o comportamento. Muitas vezes a gente tentava falar com ela, saber o que estava acontecendo", conta o primo.


Os parentes também estranharam a ausência dela nas redes sociais. "De um ano para cá, Vanessa mudou da água para o vinho. Antes desse relacionamento, ela tinha Facebook, Instagram, tinha tudo. Há um tempo, ela me bloqueou nas redes e foi tirndo da vida dela. Eu estou destroçado, não só eu como minha mãe, a mãe dela, minha irmã, toda a família, desabafa o pai.


Por nota, a Polícia Civil informou que foi instaurado inquérito policial para apurar o caso na Delegacia de Piedade, sob a responsabilidade do delegado Alessandro Orico, e que mais informações serão repassadas para a imprensa em momento oportuno, para não atrapalhar o andamento das investigações.


#maisjaboatão #jaboatãoosguararapes #rmr #granderecife #polícia #pernambuco


18 visualizações