• Da Redação

PM apreende mais de uma tonelada de cocaína em Jaboatão

Dentre os suspeitos foram identificados dois policiais militares de Pernambuco, sendo um da reserva e um da ativa, um militar da Bahia e um cidadão civil 'comum'




Do LeiaJá

Foto: Júlio Gomes/LeiaJá Imagens/Arquivo


Em uma operação realizada pela Polícia Militar de Pernambuco em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife foram encontrados dois fuzis, cinco pistolas e uma tonelada e meia de cocaína. A ação aconteceu no último sábado (16).


Segundo a polícia, um carro com quatro ocupantes em atitude suspeita foi avistado e parado. Dentro do veículo foi encontrado o armamento pesado. Dentre os suspeitos foram identificados dois policiais militares de Pernambuco, sendo um da reserva e um da ativa, um militar da Bahia e um cidadão civil 'comum'.


Eles foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Jaboatão Centro, enquanto uma equipe do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) continuou as diligências.


De posse de informações, os PMs chegaram até uma residência no bairro de Manassu, em Jaboatão, onde dois caseiros informaram que o grupo, preso minutos antes, havia entrado e revirado a casa em busca de armas e dinheiro.


A Companhia Independente de Policiamento com Cães chegou a ser acionada para uma varredura, mas antes da chegada dos cães os policiais conseguiram encontrar aproximadamente uma tonelada e meia de cocaína.


Ainda foram apreendidos: 567 munições de diversos calibres, quatro rádios comunicadores, cinco celulares, um carro modelo Tiguan blindado, um pacote de braçadeira (enforca gato), um uniforme completo da PMPE e outro da PMBA, um colete, cinco balaclavas, dois pares de coturno, dois cintos de guarnição, cinco pacotes de fitas, uma faca, três maçaricos entre outros objetos.


Todo o material foi levado para a DP de Prazeres, que ficou responsável pela ocorrência. Os policiais de Pernambuco, independentemente do processo judicial, serão submetidos também a procedimentos investigativos internos de controle na Justiça Comum. A apuração das circunstâncias dos fatos poderá determinar a expulsão dos PMs da corporação.


Eles foram autuados pelos crimes de associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, violação de domicílio e tortura. Nesta segunda (18), eles encontram-se recolhidos em um quartel da PM, aguardando o resultado da audiência de Custódia.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #pmpe #polícia

0 visualização