• Da Redação

Pesquisa do Procon-PE demonstra que feijão mulatinho aumentou de preço

Em agosto o produto podia ser encontrado por R$ 1,99, já em outubro o quilo custava R$ 2,79





A pesquisa da Cesta Básica, realizada mensalmente pelo Procon-PE, demonstrou que o feijão mulatinho vem aumentando de preço. De agosto a outubro deste ano, o aumento foi de 40%. Em agosto o produto podia ser encontrado por R$ 1,99, já em outubro o quilo custava R$ 2,79.


Os números mostram ainda que a cesta básica mais cara é a de Goiana, R$ 374,80. Mas, a que mais subiu de valor foi a de Caruaru, aumentou 2%. No agreste, a cesta subiu de R$ 350,51 para R$ 366,87. A pesquisa do órgão de defesa do consumidor passa pela Região Metropolitana do Recife (RMR), pelos municípios de Goiana, Vitória de Santo Antão e Caruaru. A novidade é que Ipojuca entrou na pesquisa. Os estabelecimentos pesquisados ficam localizados em Porto de Galinhas.


A análise demonstra que o consumidor precisa pesquisar. Na RMR a farinha de mandioca pode ser encontrada com uma diferença percentual de 234,90%. Já o papel higiênico apresenta uma diferença de 400%. Em um local o produto custa R$ 1,39, mas o mesmo produto pode ser encontrado por R$ 6,95.


A pesquisa foi realizada em 21 estabelecimentos da RMR, 12 em Goiana; 11 em Vitória de Santo Antão e 10 em Caruaru. A análise dos preços é feita em 27 itens, entre alimentação, limpeza doméstica e higiene pessoal.


O consumidor que queira receber as pesquisas basta enviar e-mail para imprensaproconpe@gmail.com.


#maisjababoatao #jaboatãodosguararapes #proconpe #cestabásica #fiscalização

0 visualização