• Da Redação

Motorista de aplicativo morto durante assalto é sepultado em Jaboatão

O enterro, acompanhado de perto pela mãe da vítima, que precisou ser amparada pelos parentes, ocorreu no Cemitério Memorial dos Guararapes



Do OP9

Foto: Rodrigo de Luna/TV Clube

O corpo do motorista de aplicativo Cleiton Lopes Monteiro, 38 anos, morto depois de ser ferido em um assalto na tarde do sábado (12), foi sepultado nesta segunda-feira (14) em meio a revolta e emoção dos familiares. O enterro, acompanhado de perto pela mãe da vítima, que precisou ser amparada pelos parentes, ocorreu no Cemitério Memorial dos Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes. Segundo um dos irmãos dele, Cleiton lutou por mais de três horas pela vida, mas não resistiu e morreu no Hospital Getúlio Vargas, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.


“Mãe, eu fui assaltado e ferido, estou sendo socorrido para o Getúlio vargas”, foram as últimas palavras dele para a minha mãe”, relatou um irmão da vítima. De acordo com ele, Cleiton passou sete minutos ao telefone. “Gostaria de agradecer aos médicos do Getúlio Vargas, que tentaram reanimá-lo por mais de três horas, mas infelizmente ele não conseguiu sobreviver”. 


Cleiton já trabalhava havia muito tempo como motorista de aplicativo, atividade que lhe permitia garantir o próprio sustento. No sábado (12), ele foi chamado para uma corrida no bairro da Torre e lá foi abordado por um homem que desferiu golpes de canivete na região da barriga dele.


“Esperamos que ele não vire somente uma estatística. Confiamos nas autoridades competentes para que o crime seja logo elucidado”, afirmou o irmão da vítima. A Polícia Civil está investigando o caso, mas nenhum suspeito ainda foi identificado. A principal hipótese é de que o crime se trate de um latrocínio.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #cavaleiro #polícia

6 visualizações