• Da Redação

Jaboatão receber mais de 11 mil doses da vacina da Pfizer

Município foi contemplado com 11.436 mil doses do imunizante para combater a proliferação do novo coronavírus





Do G1 PE

Foto: Heudes Regis/Governo de Pernambuco


Pernambuco recebeu, na noite da segunda-feira (10), o segundo lote de vacinas da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19. As 46,8 mil doses do imunizante são destinadas ao Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana. Nesta terça (11), a Secretaria Estadual de Saúde divulgou quantas unidades cada cidade recebe. Jaboatão receberá 11.436 mil doses.


Segundo o governo do estado, as doses devem ser utilizadas para vacinar grávidas, mulheres que tiveram bebê há até 45 dias (puérperas) e também pessoas com comorbidades (veja lista mais abaixo). Por orientação do Ministério da Saúde, a segunda dose deve ser aplicada três meses após a primeira.


Os imunizantes foram armazenados na sede do Programa Estadual de Imunização, no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife. O armazenamento ocorre em freezers específicos, que mantêm as vacinas na temperatura correta, entre -25°C e -15°C, podendo permanecer assim por até duas semanas.


Devido à temperatura que as vacinas da Pfizer precisam ser mantidas, as doses foram destinadas apenas a essas três cidades. As unidades duram cinco dias em temperatura entre 2°C e 8°C. Após aberto o frasco, o prazo para utilização de todo o conteúdo, com seis doses, é de seis horas.


DIVISÃO DA DOSE POR CIDADES



Cidade Doses

Jaboatão dos Guararapes 11.436

Olinda 6.270

Recife 29.148

Total 46.854


Lista de comorbidades

O Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19 inclui as seguintes doenças pré-existentes como grupo prioritário para a imunização:

  • Diabetes miellitus;

  • Pneumopatias crônicas graves;

  • Hipertensão arterial persistente e nos estágios 1, 2 e 3 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;

  • Insuficiência cardíaca;

  • Cor-pulmonal e hipertensão pulmonar;

  • Cardiopatia hipertensiva;

  • Síndromes coronarianas;

  • Valvopatias;

  • Miocardiopatias e pericardiopatias;

  • Doenças da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;

  • Arritmias cardíacas;

  • Cardiopatia congênita no adulto;

  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;

  • Doença cerebrovascular;

  • Doença renal crônica;

  • Imunossuprimidos;

  • Pacientes oncológicos com tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses;

  • Hemoglobinopatia grave;

  • Síndrome de Down;

  • Cirrose hepática. #maisjaboatao #jabaotãodosguararapes #jaboataodosguararapes #vacina #preenção #coronavírus #pandemia #covid19

0 visualização