• Da Redação

Jaboatão entrega prêmios aos mestres homenageados na Mostra Cultural

Foram reconhecidos os trabalhos de Mestre Chôcho (in memorian), Mestre Saúba, Dona Prazeres e Índia Morena




Da Assessoria de Imprensa

Foto: Divulgação


A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes entregou, na manhã desta segunda-feira (25), os troféus dos quatro Mestres da Cultura Popular do Jaboatão dos Guararapes que foram homenageados na Mostra Cultural de 2019. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o evento não foi realizado no ano passado. Na ocasião, foram reconhecidos os trabalhos de Mestre Chôcho (in memorian), Mestre Saúba, Dona Prazeres e Índia Morena, alguns dos artistas locais que contribuem diariamente para a valorização e visibilidade da cultura do município.

Cada um dos homenageados representa uma parte da história cultural do Jaboatão. De acordo com o secretário-executivo de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, André Trajano, a arte ocupa espaço de resistência e é neste sentido que a prefeitura tem buscado sempre integrar os Patrimônios Vivos nas atividades culturais do município, para que nossa cultura não se apague. “Ano passado, por meio da Lei Aldir Blanc, esses grandes nomes foram contemplados com um prêmio de relevância para que possam continuar propagando conhecimento Jaboatão afora”, lembrou o gestor.


HOMENAGEADOS


Mestre Chôcho Falecido em outubro de 2020, Mestre Chôcho se dedicou por mais de 70 anos à música e era um dos mais antigos mestres de choro em atividade no País. O músico, reconhecido como Patrimônio Vivo de Pernambuco desde 2017, aprendeu o ofício sem nunca ter frequentado uma escola de música.


Mestre Saúba José Antônio da Silva, popularmente conhecido como Mestre Saúba, tornou-se especialista em brinquedos como “mané gostoso”, “rói-rói” e carrinhos de madeira, produzidos com peças de imbaúba no seu ateliê em Vila Rica. Patrimônio Vivo de Pernambuco desde 2019, o artesão participa de feiras e exposições, no Brasil e no exterior, sendo um legítimo representante da cultura popular.


Dona Prazeres Parteira com mais de 60 anos de experiência e cinco mil partos no currículo, Dona Maria dos Prazeres é a expressão máxima da fortaleza feminina. A enfermeira foi reconhecida como Patrimônio Vivo de Pernambuco em 2017. Índia Morena Artista circense, Margarida Pereira de Alcântara é mundialmente conhecida como Índia Morena. Em 2006, recebeu o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco, como reconhecimento pelo seu talento e trabalho desenvolvido durante anos em favor da arte e cultura pernambucana. Com mais de 65 anos dedicados ao circo, é reconhecida como a maior contorcionista de Pernambuco.


#maisjaboatao#jaboatãodosguararapes#cultura#pernambuco

2 visualizações