• Da Redação

Jaboatão amplia vacinação contra Covid-19 para pessoas com comorbidades a partir de 45 anos

imunização está prevista para iniciar na próxima quinta-feira (20), nos nove pontos de drive-thru montados no município, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h





Da Assessoria de Imprensa

Foto: Divulgação


O município do Jaboatão dos Guararapes abriu, nesta segunda-feira (17), agendamento para aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 ao público de pessoas com comorbidades, a partir dos 45 anos de idade. O cadastro deve ser realizado por meio do aplicativo De Olho na Consulta ou pelo site deolhonaconsulta.jaboatao.pe.gov.br. A imunização está prevista para iniciar na próxima quinta-feira (20), nos nove pontos de drive-thru montados no município, que funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h.


Conforme o planejamento estabelecido no município, a primeira dose é aplicada das 8h às 13h, com imunizantes da Pfizer e AstraZeneca, e a segunda dose com CoronaVac, das 14h às 17h. O usuário deve preencher o formulário disponível no momento do agendamento, que precisa ser chancelado por um profissional médico ou enfermeiro, tanto da rede pública de saúde quanto particular. A relação dos casos de comorbidades pode ser conferida no site.


Funcionam como pontos de vacinação no Jaboatão, a UniFG, o Sesc, a Faculdade Metropolitana e o Shopping Guararapes, em Piedade; as escolas municipais Iraci Teixeira e Benjamin Constant, localizadas nos bairros do Curado e Socorro, respectivamente; a Casa da Cultura, em Jaboatão Centro; o Centro Cultural Miguel Arraes, em Prazeres; e a Praça Murilo Braga, no bairro de Cavaleiro.


Pacientes com doença renal crônica em hemodiálise também poderão ser vacinados no próprio centro de tratamento, em Piedade. Já os portadores de HIV são vacinados no Serviço de Atenção Especializada (SAE), que funciona na Policlínica Cônego Pedro de Souza Leão, em Cavaleiro.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #jabataodosguararapes #covid19 #coronavírus #pandemia #saúde #prevenção #pernambuco

1 visualização