• Da Redação

Instituto Peró completa 16 anos

Projeto, que funciona no Shopping Guararapes, já qualificou mais de 5 mil jovens





Do Jaboatão Tem

Foto: Divulgação


O Instituto Peró, projeto social mantido pelos empreendedores do Shopping Guararapes, completa 16 anos de contribuição na formação social e profissional de crianças, jovens e adolescentes do município de Jaboatão dos Guararapes. O projeto visa proporcionar oportunidades aos alunos oferecendo aulas de dança, música, mediações de leitura, cidadania, educação ambiental e qualificação profissional nas áreas de administração e varejo, este último, em parceria com o SENAC. Ao longo de sua existência, o Peró beneficiou e qualificou mais de cinco mil jovens.


Quem faz parte do Peró sente que o lugar é acolhedor como uma segunda casa. Para o pequeno Luan Eduardo, 10 anos, que estuda música no projeto, as palavras que surgem em sua mente ao falar do Peró são alegria, educação e gentileza. “É como uma família”, conta o estudante. Além de Luan, seu irmão, Lucas Henrique de 15 anos, também é aluno de música há quatro anos. “Os meninos eram muito tímidos, o Peró os ajudou a socializar e é como uma segunda casa para eles”, comenta a mãe Maria de Fátima, 43 anos. 


E por falar em mãe, o Instituto Peró também tem um espaço especial para as mães dos alunos, o SolArte, que incentiva o empreendedorismo e onde elas podem aprender artesanato e ainda incrementar a renda da família. “O projeto me mostrou que além de mãe eu também posso ser empreendedora. Participar do SolArte auxilia tanto na minha renda quanto na minha autoestima”, conta Sueli Firmino, 45 anos, que trabalha com costura e pintura.  Os filhos gêmeos de Sueli, Ryan e Ruan Nascimento, 12 anos, fazem parte do Clube de Leitura do Peró. “Eles aprendem e me ensinam todos os dias”, completa Sueli. 


Karolyne Guedes, 20 anos, fez parte do Peró como estudante por seis anos. Nesse período, ela participou do grupo de leitura, de aulas de música e fez curso de vendas nos projetos Qualificar e Jovem Aprendiz, este último foi sua porta de entrada para trabalhar no Shopping Guararapes, na área da Central de Entregas e Serviços, onde está até hoje. “O Instituto Peró me desenvolveu como pessoa, me ensinou muitas coisas e me deu um direcionamento na vida”, comenta a jovem.  


“É muito gratificante acompanhar o impacto que o Instituto Peró causa na vida das pessoas. O projeto é a prova de que através da educação é possível transformar vidas e criar pessoas com responsabilidade social e profissional”, comenta a coordenadora do Peró, Flávia Souza. 


PRÊMIOS 

O resultado da atuação social do Instituto Peró ao longo desses 16 anos, foi reconhecido com premiações estaduais e nacionais, entre eles: Medalha do Mérito Vidal de Negreiros – reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao município de Jaboatão dos Guararapes (2008); Prêmio Viva Leitura, Categoria Bibliotecas públicas, privadas e comunitárias (2010); Prêmio ser Humano Paulo Freire de responsabilidade social pelo ABRH-PE (2010); Finalista do prêmio ANU PRETO, de reconhecimento por ações desenvolvidas dentro de espaços em desvantagem social que buscam a melhoria na qualidade de vida, inclusão e capacitação (2012); Prêmio de apoio às Bibliotecas Comunitárias e pontos de leitura, pela Fundação Biblioteca Nacional (2013), recebeu Menção Honrosa FNLIJ – (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil), na categoria “Os melhores Programas de Incentivo à Leitura junto a Crianças e Jovens de todo o Brasil em 2015 e, em 2018, a Biblioteca Peró foi premiada na mesma categoria, por meio do seu Programa Histórias Andantes, no 23º concurso da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil).


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #social #institutoperó #sguararapes #piedade



2 visualizações