top of page

Homem é assassinado a tiros após sair de audiência no fórum de Jaboatão

A Polícia Civil informou que está investigando o assassinato do homem de 32 anos

Do G1 PE

Foto: Reprodução/WhatsApp


Um homem foi assassinado, nesta terça-feira (10), na frente do Fórum de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), ele esteve no prédio para participar de uma audiência. A vítima, que não teve o nome divulgado, levou vários tiros.


O homem estava deitado no chão nas proximidades do fórum, no bairro de Prazeres. É possível observar um carro da polícia e muita gente em volta, observando a cena. Antes do assassinato, entrou no fórum para participar de uma audiência, que não foi realizada.


Ao sair, seguiu para uma parada de ônibus. Quando esperava o coletivo, dois homens que estavam em uma moto fizeram a abordagem. Um deles deu cobertura e o outro atirou.


Oficialmente, o tribunal não divulgou o nome da pessoa atingida pelos tiros. Em nota, a Polícia Militar informou que, segundo informações preliminares, a vítima respondia por homicídio e outros processos e era monitorado por tornozeleira eletrônica.


O Corpo de Bombeiros informou, por nota, que equipes foram acionadas por volta das 11h15 para uma ocorrência na BR-101, na frente do fórum.


"Uma viatura de resgate foi enviada. No entanto, ao chegar, foi informada de que a vitima já havia sido socorrida", disse o comunicado. O homem havia sido socorrido por policiais militares do 6º Batalhão para o Hospital de Prazeres, onde faleceu.


A morte do homem foi confirmada por policiais do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) que estiveram no local do crime

.

A equipe do DHPP chegou por volta das 15h45, ouviu pessoas que estavam na frente do fórum.


Por meio de nota, o TJPE disse que “o tiroteio se deu do lado de fora do Fórum de Jaboatão dos Guararapes."


Por meio de nota, a Polícia Civil informou que está investigando o assassinato do homem de 32 anos. "Foi instaurado inquérito para apurar o caso, identificar a autoria e a motivação do crime. O caso está sob o comando do DHPP.", disse o comunicado.


Comments


bottom of page