• Da Redação

Fernando de Noronha reabre para o turismo em setembro

Visitantes que desejarem viajar para a ilha deverão seguir protocolos estabelecidos pelo governo do estado





Do Diario de Pernambuco

Foto: Arquivo/Agência Brasil


A primeira etapa de retomada do turismo de Fernando de Noronha acontece a partir do dia 1 de setembro, com objetivo de estimular as atividades econômicas no arquipélago, que dependem do setor turístico para fazer girar a economia. Porém, os visitantes que desejarem viajar para a ilha deverão seguir protocolos estabelecidos pelo governo do estado e divulgados ontem. Isso significa que só poderá entrar em Noronha as pessoas que já tiveram a Covid-19 e que estejam comprovadamente curadas.


Segundo Guilherme Rocha, administrador de Fernando de Noronha, será preciso comprovar, por meio da apresentação de exame, que o turista já contraiu a doença e está curado. "A pessoa deverá enviar o exame comprovando, que pode ser o RT-PCR positivo realizado há mais de 20 dias ou o exame sorológico, com o IgG positivo, que confirma a presença de anticorpos para a doença", explicou. A comprovação deverá ser feita antes da viagem. "O exame será enviado através do pagamento da Taxa de Preservação Ambiental, que só poderá ser paga de forma online. Nesse mesmo formulário será exigido anexar o arquivo do exame", acrescentou.


A retomada do turismo em Fernando de Noronha se deve ao controle da transmissão do coronavírus no arquipélago. "Não há transmissão comunitária na ilha por um bom tempo, mas precisamos manter. Esse passo busca a reativação das atividades econômicas, mas com a segurança necessária", afirmou André Longo, secretário de Saúde de Pernambuco.


Junto com o anúncio da retomada do turismo, também foi confirmada a realização da 32 edição da Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha (Refeno). O evento vai ter largada no dia 10 de outubro, a partir do Marco Zero da capital pernambucana com chegada no Mirante do Boldró, na ilha. "Um protocolo específico de prevenção da Covid-19 pelos participantes será divulgado em breve", disse Guilherme Rocha. Para a edição deste ano, já estão inscritos 112 barcos, representando 17 estados brasileiros, além de um da Argentina, um da Espanha e um do Uruguai.


#maisjaboatao #jaboatãodoguararapes #praia #comércio #economia #fernandodenoronha

0 visualização