top of page

Estudantes apresentam projeto para proibir uso de plásticos na merenda escolar

Pela proposta, ficaria proibida a compra e utilização de materiais plásticos descartáveis como pratos, talheres, canudos, sacolas e copos para servir a merenda escolar na cidade

Foto: Assessoria de Imprensa/Câmara de Jaboatão


Um grupo de alunos da Escola Walfrido Coelho - Rede Pública de Jaboatão - apresentou, hoje (07), na Câmara Municipal, uma sugestão de Projeto de Lei a fim de proibir a utilização de "plásticos de uso único" fornecidos na merenda escolar. Os jovens são integrantes do Grêmio Estudantil da escola e foram orientados pelo professor Ângelo Branco. Também participaram da iniciativa os Embaixadores da Escola Azul e a Comissão Ambiental Jaboatão dos Guararapes.


Pela proposta, ficaria proibida a compra e utilização de materiais plásticos descartáveis como pratos, talheres, canudos, sacolas e copos para servir a merenda escolar na cidade de Jaboatão. No caso das embalagens de papelão utilizadas em pactes de biscoitos ou caixas de suco industrializados, a orientação é para que o material seja separado e destinado ao sistema de coleta seletiva do município.


O presidente da Câmara, vereador Adeíldo da Igreja, elogiou a iniciativa e disse que a proposta será encaminhada para análise das comissões da Casa a fim de verificar a viabilidade de o projeto ser transformado em lei. "Recebemos com muita satisfação os estudantes e o professor Ângelo aqui na Câmara. O projeto que eles estão sugerindo será analisado e, caso esteja de acordo com as normas e padrões poderemos colocar em votação", afirmou.


Além do professor Ângelo Branco, também participaram do ato de entrega do projeto os estudantes Sofia Lourena Cristovão Câmara de Oliveira, José Raphael Tavares Cabral, Miguel Âgelo Cândido Alves e Davy Lucas Guimarães Clementino.


Comments


bottom of page