• Da Redação

Estado de greve e paralisações foram deliberadas pelos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Recife

Decisão foi tomada, nesta sexta (22), após a gestão negar negociação salarial aos servidores municipais para este ano, não cumprir o acordo de 2020 e sugerir levar a pauta para 2022 com reposição de apenas 1,2%

Da Assessoria de Imprensa

Foto: Jailton Junior/JC Imagem


Auxiliares e Técnicos de Enfermagem vinculados à Prefeitura do Recife anunciam estado de greve e paralisações semanais por 48h durante assembleia virtual, realizada nesta sexta-feira (22/10). A decisão foi tomada após o governo João Campos negar negociação sobre a reposição salarial aos servidores municipais para este ano, não cumprir o acordo de 2020 e sugerir levar a pauta para 2022 com reposição de apenas 1,2%. Além disso, manter fechada as mesas específicas onde são tratados reajustes das gratificações que fazem a composição dos salários dos servidores municipais. O sindicato tomará as medidas administrativas necessárias para informar a gestão municipal sobre a decisão da suspensão das atividades laborais dos servidores do Recife nos próximos dias 28 e 29, conforme legislação vigente.


O presidente do Satenpe, Francis Herbert, também participou de mais uma mesa de negociação junto com outras entidades e representantes da gestão municipal. Após a reprovação da contraproposta, os sindicatos estão se mobilizando para a realização de atos unificados contra o descaso da gestão com os funcionários públicos. A primeira atividade está agendada para a próxima quinta (28), em frente à Prefeitura, a partir das 8h.


"Apesar do papel fundamental dos servidores públicos no combate à pandemia, em especial os trabalhadores da saúde, o prefeito João Campos trata os servidores de forma desrespeitosa e intransigente. Será decisiva a unidade das categorias para convencer a gestão a rever sua posição", afirmou Francis Herbert.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #jaboataodosguararapes #enfermagem #tecnicodeenfermagem #técnicodeenfermgem #recife #pernambuco

3 visualizações