top of page

Defesa Civil constata que não houve danos estruturais em unidade do Mercado das Mangueiras

A Defesa Civil já realizou vistoria no local e constatou que a estrutura não sofreu comprometimento

Do G1 PE

Foto: Reprodução/WhatsApp


A Prefeitura do Jaboatão informa que está dando toda a assistência ao permissionário cuja unidade comercial no Mercado das Mangueiras pegou fogo, na noite desta terça-feira. O município já suspendeu a taxa referente ao Termo de Permissão Remunerada de Uso do Solo (TPRUS), paga mensalmente pelos comerciantes, e disponibilizou equipe para ajudar na limpeza da loja, que ocupa o espaço equivalente a três unidades. A Defesa Civil já realizou vistoria no local e constatou que a estrutura não sofreu comprometimento.


“Felizmente, nossa equipe agiu rapidamente para evitar que o fogo atingisse outras unidades e os bombeiros também foram muito ágeis na chegada e extinção do fogo, impedindo o alastramento. Desde o primeiro momento estamos dando toda a assistência ao permissionário da unidade atingida pelo fogo e aos das unidades vizinhas, que acabam sofrendo com a fuligem, fumaça e água”, destaca o prefeito do Jaboatão, Mano Medeiros. “A perícia do Corpo de Bombeiros vai apontar as causas do incêndio”.


“Sabemos que foi algo localizado, na unidade onde aconteceu, mas só a perícia vai nos dizer o que provocou o incêndio. Já tivemos outro caso parecido no mercado, decorrente de um equipamento deixado ligado”, informa o presidente da Comab (Companhia Municipal de Agricultura e Abastecimento do Jaboatão), Dênis Oliveira. “Desligamos a energia logo que o fogo começou e acionamos a Neoenergia. Praticamente toda a energia já foi restabelecida, exceto a do módulo atingido”.


O incêndio começou por volta das 21h20 e a equipe de segurança e o supervisor de fiscalização se mobilizaram para apagá-lo, utilizando extintores de incêndio do centro comercial e água e conseguiram controlar o fogo até a chegada do Corpo de Bombeiros, que o debelou. Com isso, o incêndio não se alastrou, ficando restrito a unidade onde o fogo começou, que comercializa cigarros, isqueiros e bebidas, entre outros produtos. Não houve feridos.


PARCERIA - A prefeitura e a Neoenergia estão trabalhando em conjunto para identificar possíveis pontos clandestinos de ligação elétrica nos mercados públicos do município. E também para implantar a medição individual da energia, em cada módulo. O projeto está começando pelo Mercado de Cavaleiro (onde já foram detectados alguns pontos irregulares) e logo estará no Mercado das Mangueiras e nos demais. A medida trará mais segurança às instalações elétricas. “Mas também é preciso que os comerciantes se conscientizem dos riscos de ligações clandestinas, de deixar equipamentos ligados e de sobrecarga ao utilizar vários equipamentos em uma só tomada”, salienta Dênis.

Comments


bottom of page