• Da Redação

Corpo de grávida é encontrado e número de mortes provocadas pelas chuvas sobe para 12

Maria Eduarda da Silva, de 21 anos, que estava grávida de 8 meses. Também morreram quatro pessoas em Olinda e três na capital pernambucana.



Do G1 PE

Foto: Daniele Fonseca/TV Globo


Subiu para 12 o número de pessoas mortas após os deslizamentos de barreiras que ocorreram nesta quarta-feira (24), no Grande Recife. Durante a noite, os bombeiros encontraram no bairro de Caetés, em Abreu e Lima, o corpo de Maria Eduarda da Silva, de 21 anos, que estava grávida de 8 meses. Também morreram quatro pessoas em Olinda e três na capital pernambucana.


Maria Eduarda faz parte da família em que outras três pessoas morreram soterradas e uma mulher ficou gravemente ferida. Um vizinho também morreu.


O corpo de Maria Eduarda foi encontrado às 23h31, após mais de 16 horas de buscas, realizadas pelo Corpo de Bombeiros com a ajuda de voluntários que moram na comunidade.


O deslizamento de barreira que matou Maria Eduarda ocorreu no bairro de Caetés, durante a madrugada. Também morreram Mariana Xavier, de 18 anos, que foi resgatada com vida, mas morreu no local no deslizamento; o irmão dela, Luiz Henrique, de 15 anos e o pai deles, Silvano Silva, de 49 anos.


Em outra casa no mesmo bairro, o desempregado Adalmir Ferreira dos Santos, de 53 anos, estava sozinho quando ocorreu o deslizamento. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele morreu no local.


Durante as buscas por Maria Eduarda, o marido dela acompanhou de perto o trabalho dos bombeiros. Apreensivo, Breno José chegou a subir na retroescavadeira, no momento em que a bolsa de bebê da esposa foi encontrada. O filho do casal se chamaria Brendon Nicolas.


Mulher ferida

Na mesma família de Maria Eduarda, o deslizamento deixou ferida Ariana Tereza Xavier da Silva, de 39 anos. Ela está internada no Hospital Miguel Arraes, em Paulista, onde passou por cirurgia e segue internada na Unidade de Terapia Intensiva. Ariana está em estado grave, sedada e está respirando com a ajuda de aparelhos.


Veja quem morreu devido às chuvas no Grande Recife


Maria Eduarda da Silva, 21 anos, em Caetés, em Abreu e Lima

Mariana Xavier, 18 anos, em Caetés, em Abreu e Lima

Luiz Henrique, 15 anos, em Caetés, em Abreu e Lima

Adalmir Ferreira dos Santos, 53 anos, em Caetés, em Abreu e Lima

Silvano Silva, 49 anos, em Caetés, em Abreu e Lima

Natalicio Vicente da Silva, 69 anos, no Passarinho, no Recife

Ivonete Maria da Silva, 63 anos, no Passarinho, no Recife

Josafá Barbosa da Costa, 34 anos, em Dois Unidos, no Recife

Iraci Maria da Conceição, 78 anos, em Águas Compridas, em Olinda

Abraão Batista da Silva, 25 anos, em Águas Compridas, em Olinda

Diego, de idade não informada, no Passarinho, em Olinda

Elisângela, de idade não informada, no Passarinho, em Olinda


Desalojados

De acordo com o balanço da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), ao menos 1.206 pessoas estão desalojadas em áreas atingidas pelas chuvas no Grande Recife. O número foi divulgado na noite da quarta-feira (24). (Veja vídeo acima)


Esse número é referente a seis cidades: Recife, Olinda, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Igarassu e Abreu e Lima.


Em Olinda, a prefeitura informou que há 110 pessoas em abrigos ou na casa de parentes. A Codecipe informou, no entanto, que os dados da cidade não tinham sido repassados oficialmente, até o início da noite.


A prefeitura de Camaragibe informou que, no município, há 18 pessoas desalojadas, de cinco famílias. Três delas são do bairro de Tabatinga, uma das Carmelitas e outra do Ostracil.


Situação de emergência

Cidades do Grande Recife e da Zona da Mata de Pernambuco decretaram situação de emergência por causa das chuvas da quarta-feira (24). Foram emitidos decretos em Olinda, Abreu e Lima, Igarassu, na Região Metropolitana, e Vicência, na Zona da Mata Norte. Em várias cidades, serviços foram suspensos pelo temporal.


Confira os telefones das comissões de Defesa Civil dos municípios:


Abreu e Lima: 9 8736.6296 ou 3541 2748

Cabo de Santo Agostinho: 0800.281.8531

Camaragibe: 2129.9564

Jaboatão dos Guararapes: 0800.281.2099 ou 9 9195.6655

Olinda: 3429.9838 ou 9 9266.5307 (WhatsApp)

Paulista: 153

Recife: 0800.281.3400

Vicência: 9 9718.9445


#maisjaboatao #jaboata #chuvas #recife #defesacivil

13 visualizações