• Da Redação

Cooperativas de transporte enviam reivindicações ao prefeito de Jaboatão

Na próxima segunda (13/05), haverá paralisação do Sistema de Transporte Complementar da cidade



Após anunciar a paralisação do Sistema de Transporte Complementar em Jaboatão dos Guararapes, na próxima segunda-feira (13/05), as cooperativas desse segmento enviou uma pauta de reivindicações ao Governo Municipal. Entre os assuntos, está a implantação da bilhetagem eletrônica.


Confira as pautas:


1- Retorno imediato de operação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica em nosso município, com prazo vencido pela atual gestão deste março de 2018, de acordo com a Lei 131/2017;

2 – Viabilizar o retorno imediato da operação da linha 111, junto ao Ministério Público, Consórcio Grande Recife e Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho;

3 – Retirada imediata do transporte clandestino que atua nas proximidades da Fundação Bradesco, no Bairro de Cavaleiro, prometido a categoria desde fevereiro de 2018;

4- Cumprimento do itinerário licitado, operado pelos micro-ônibus do Complementar Recife, atualmente sobrepondo à rede municipal e com prática de tarifa irregular;

5 – Cadastramento imediato das gratuidades (estudantes, idosos, portadores de deficiências do município, prometido pela Secretaria Executiva de Mobilidade e Ordem Pública/SEMOP, desde dezembro de 2018);

6 – Prioridade na pavimentação das vias por onde passam os veículos do Transporte Complementar do Jaboatão;

7 – Celeridade na viabilização da implantação de novas linhas do transporte complementar, que atenderão as comunidades do Pacheco e Córrego da Batalha;

8 – Projeto de Lei do Executivo que isenta o CIM para cobrador do transporte complementar do Jaboatão dos Guararapes e que também altere para o “ano modelo”, a observância do ano de entrada do veículo substituto para a continuidade da operação do sistema.


Foto: Divulgação


#maisjaboatao #jaboatao #cootrape #transporte #mobilidade

6 visualizações