top of page
  • maisjaboatao

Compesa suspende abastecimento de água em áreas de risco do Estado

Em Jaboatão, são mais de 15 comunidades afetadas

Da Folha de Pernambuco

Foto: Pixabay


Por causa das fortes chuvas que caíram na quarta-feira (24) na Região Metropolitana do Recife (RMR), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) anunciou a suspensão do abastecimento de água em áreas de risco do Estado localizadas em sete cidades. Segundo a companhia, a ação faz parte do protocolo da Operação Inverno para Segurança do Abastecimento de Água nos Morros.


Em Jaboatão dos Guararapes, as comunidades beneficiadas são: Alto Santa Rosa, Alto do Vento, Alto Jardim Quitandinha, Carlos Pinto, Cavaleiro, Curado I, Curado IV (parte alta), Curado V, Dois Carneiros, Monte Verde, Nossa Senhora dos Prazeres, Pacheco (Alto do Rodo), Rua São Paulo, Três Carneiros, URs.


Essa iniciativa prevê o desligamento das unidades operacionais localizadas em áreas de morro e a suspensão do abastecimento - que podem ocorrer também em áreas planas onde o abastecimento é feito por unidades situadas em pontos considerados de risco.


O protocolo foi ativado na quarta-feira diante das chuvas e dos alertas emitidos pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), que estabeleceu alerta laranja, cuja validade expirou no final do dia. A região da Mata Sul segue sob alerta, de nível amarelo, nesta quinta-feira (25).


A Compesa esclarece que, de acordo com o procedimento de segurança, foram desligadas na quarta as unidades operacionais nas áreas apontadas como de risco pelas defesas civis de municípios da RMR.


A medida resultou na suspensão do abastecimento em áreas do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Camaragibe, São Lourenço da Mata e Goiana.


A Compesa informou ainda que a retomada do abastecimento nas áreas acontecerá com a diminuição da chuva e mediante a avaliação técnica das redes de abastecimento pelas equipes de manutenção e de acordo com o calendário de cada localidade.


Veja lista de locais afetados:


Recife

Água Fria, Alto José Bonifácio, Alto José do Pinho, Alto Santa Terezinha, Apipucos, Beberibe, Bomba do Hemetério, Brejo da Guabiraba, Brejo de Beberibe, Cajueiro, Casa Amarela, Córrego do Jenipapo, Dois Irmãos, Dois Unidos, Fundão, Guabiraba, Linha do Tiro, Macaxeira, Mangabeira, Morro da Conceição, Nova Descoberta, Passarinho, Ponto de parada, Porto da Madeira, Sitio dos Pintos, Sítio São Braz, Várzea (UR-7) e Vasco da Gama


Jaboatão dos Guararapes

Alto Santa Rosa, Alto do Vento, Alto Jardim Quitandinha, Carlos Pinto, Cavaleiro, Curado I, Curado IV (parte alta), Curado V, Dois Carneiros, Monte Verde, Nossa Senhora dos Prazeres, Pacheco (Alto do Rodo), Rua São Paulo, Três Carneiros, URs


Olinda

Alto da Bondade 2 (parte alta), Alto da Manguba, Córrego da Bondade (Rua Gibraltar), estrada do Passarinho, Ruas Carpina, Floresta e adjacências


Paulista

Centro de Paulista e Alto Sumaré


Abreu e Lima

Alto da Bela Vista


Camaragibe

Areeiro, Alto Santo Antônio, Areinha, Alberto Maia (Santa Terezinha/Santa Maria) e Tabatinga


São Lourenço da Mata

Penedo e Boa Vista


Goiana

Ponta de Pedras


Prevenção

A Compesa elabora um plano de segurança do abastecimento de água dos morros da Zona Norte do Recife, por meio de um convênio firmado entre a companhia e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (FADE/UFPE).


Esse convênio propõe soluções de abastecimento de forma segura nas áreas de morro, direcionando operações e projetos da companhia.

bottom of page