top of page

Clarissa Tércio se une às mães de autistas em denúncia ao MP contra descaso da gestão de Jaboatão

A parlamentar recebeu, em seu escritório político, Ana Keite, que falou em nome de quase duzentas mães jaboatonenses de filhos com deficiência que sofrem diariamente com inúmeras dificuldades para obter acesso a tratamentos e terapias para seus filhos

Foto: Divulgação


Em virtude das inúmeras denúncias que vem recebendo sobre a falta de serviços especializados e tratamentos para pessoas com deficiência e autista, em Jaboatão dos Guararapes, a deputada federal, Clarissa Tércio ( PP), se uniu às mães de autistas e pessoas com deficiência, em denúncia junto ao Ministério Público contra o descaso da gestão de Jaboatão dos Guararapes com essa parcela da população.


A parlamentar recebeu, em seu escritório político, Ana Keite, que falou em nome de quase duzentas mães jaboatonenses de filhos com deficiência, que sofrem diariamente com inúmeras dificuldades para obter acesso a tratamentos e terapias para seus filhos.


Na ocasião, Ana Keite que também representa a AMAR- Aliança de Mães e Famílias Raras, pediu o apoio da deputada e a convidou para participar de audiência pública que acontecerá, no próximo dia 20 de novembro, às 9h, no Ministério Público de Jaboatão dos Guararapes para tratar sobre denúncias relacionadas à falta de serviços e tratamento multidisciplinar para pessoas com deficiência e autistas do município.


“ Ao longo do meu mandato como deputada estadual, recebi muitas denúncias de mães de crianças com deficiências e autistas sobre a falta de serviços e de atendimento para pessoas com deficiência e autistas, no município de Jaboatão dos Guararapes. Vejo que é um problema crônico, histórico e que se arrasta há anos, na cidade.


E agora, como deputada federal, a quantidade de queixas aumentou muito. É preciso que a gestão de Jaboatão tenha mais respeito, pelo seu povo, que paga um imposto tão caro e não tem uma prestação de serviços de qualidade. As pessoas com deficiência e autistas precisam ter seus direitos garantidos. Necessitam dos serviços especializados para se tratar e poder ter uma melhor condição e qualidade de vida.


E por olhar como mulher, mãe e cidadã, entendo demais a dor e a preocupação dessas mães. E, por isso, faço questão de declarar todo meu apoio e dizer que elas não estão sozinhas e que podem contar com a minha voz nesta luta”, afirmou Clarissa Tércio.


A deputada disse ainda que vai participar da audiência, acompanhando esse caso de perto, cobrando providências e responsabilidade da gestão, para que medidas urgentes sejam adotadas e essas mães não se sintam desamparadas.


Atualmente, como deputada federal, Clarissa Tércio é autora de vários projetos, entre eles, o PL 4733/2023, que assegura a gratuidade do transporte aéreo nacional e interestadual para pessoas com Transtorno do Espectro Autista ( TEA), assim como do PL 1502/2023, que trata da criação de um sistema público de atenção à saúde para atender pessoas com doenças raras, em todo território nacional e, também do PL 729/2023, que concede prioridade para pais de filhos com doenças mentais, possam trabalhar no sistema Home Office.

Comments


bottom of page