top of page

Clarissa Tércio cobra da gestão de Jaboatão serviços para pessoas com deficiência e autistas

Para a parlamentar, essa situação é absurda, inadmissível e insustentável


Foto: Daniel Robles


Na audiência pública, realizada, na sede do Ministério Público de Jaboatão dos Guararapes, a deputada federal Clarissa Tércio( PP), cobrou providências da gestão municipal, no que se refere à deficiência dos serviços e tratamentos especializados às pessoas com deficiência e com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O encontro foi proposto, pela Aliança de Mães e Famílias Raras (Amar), representada, através da Presidente Pollyana Dias e de Ana Keite, que também integra a instituição. Na ocasião, elas relataram as inúmeras dificuldades, enfrentadas há anos, pelas mães de pessoas com deficiência e de autistas, que moram em Jaboatão.


“ Não estamos tratando de números, mas de pessoas, de nossos filhos, que necessitam de uma atenção especial do poder público, dos serviços e tratamentos especializados. E essa é a nossa maior dor! Mas, não vamos nos calar, nem desistir dos nossos filhos”, destacou Ana Keite, que representa mais de 180 mães de Jaboatão.


Para a deputada Clarissa Tércio, essa situação é absurda, inadmissível e insustentável.


“ As pessoas com deficiência e autistas de Jaboatão dos Guararapes, deveriam ser tratadas com respeito, pela gestão municipal. Como mãe, cidadã e parlamentar, faço questão de me unir à essas mães, que sofrem diariamente, em busca de um atendimento e de tratamento especializado para seus filhos.


Vocês não estão sozinhas. Contem comigo nesta luta, com a minha voz. Farei o que estiver ao meu alcance para mudar essa situação. De imediato, como deputada federal, reafirmo meu compromisso com a causa e faço questão de destinar R$ 1 milhão em emenda parlamentar para a Amar construir a Clínica Escola, para que possa atender às necessidades das pessoas, que apresentam essa condição, no município de Jaboatão”, destacou Clarissa Tércio.


A deputada federal é autora de alguns projetos de lei, voltados para área. Entre eles, o PL 4733/2023, que assegura a gratuidade do transporte aéreo nacional e interestadual para pessoas com Transtorno do Espectro Autista ( TEA); do PL 1502/2023, que trata da criação de um sistema público de atenção à saúde para atender pessoas com doenças raras, em todo território nacional e do PL 729/2023, que concede prioridade para pais de filhos com doenças mentais, possam trabalhar no sistema Home Office.


A audiência pública contou com a participação de representantes das secretarias estaduais de Saúde e de Educação, assim como do município de Jaboatão dos Guararapes. Além da presença representantes de órgãos, de conselhos tutelares e de muitas mães de pessoas com deficiência e de autistas do município.

Comments


bottom of page