• Da Redação

Cautelar suspende contrato de R$ 9,9 milhões em Jaboatão

A conselheira Teresa Duere expediu uma Medida Cautelar determinando à Prefeitura que não execute o contrato celebrado com a empresa Medlife




Do Tribunal de Contas de Pernambuco

Foto: Divulgação


A conselheira Teresa Duere expediu, monocraticamente, uma Medida Cautelar determinando à Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes que não execute o contrato celebrado entre a prefeitura e a empresa Medlife Logística Ltda, além de suspender a validade da ata de registro de preços nº 004/2019 resultante do Processo Licitatório nº 151/2018 (Pregão Presencial nº 020/2018). A contratação tem por objeto a prestação de serviços de armazenagem, gestão de estoques, distribuição e logística de bens e materiais com valor estimado de R$ 9.959.944,00. A Medida foi publicada nesta segunda-feira (17) no Diário Oficial do TCE.


#maisjaboatao #jaboatao #tce #prefeitura

3 visualizações