• Da Redação

Artigo: Parlamento Jovem de Bezerros pode não mais existir


Foto: Divulgação/Internet


Confira o artigo "Parlamento Jovem de Bezerros pode não mais existir ", escrito por Fernando Moreira, ex-vereador de Jaboatão dos Guararapes, coordenador do Movimento Pernambuco Que Nós Queremos (MPQ) e membro da Associação Brasil Que Queremos. Segundo ele, essa iniciativa é uma luz no final do túnel para construir uma nova política e, também, fez um apelo para que os vereadores possam dialogar com os jovens para encontrar uma solução.

Acabei de receber uma mensagem do presidente do Parlamento Jovem de Bezerros e de outros componentes que estão muito preocupados com a falta de apoio por parte da Câmara de Vereadores para que eles continuem seu brilhante trabalho.


Esse Parlamento Jovem é uma luz no final do túnel para construir uma nova política com ferramentas novas, reconhecidos fora da cidade como um instrumento que pode transformar a forma de se fazer política nestes países.


Com muita dificuldade e com o apoio de algumas pessoas e movimentos como o MPQ, conseguiram sair de Bezerros para o Estado. Gostaria de fazer um apelo aos vereadores, principalmente, aos parlamentares da mesa diretora, que possam dialogar com esses jovens e encontrar uma solução.


Também conversei com o presidente do Parlamento Jovem a possibilidade de criar o Instituto parlamento Jovem Pernambuco para ampliar esse debate sobre a importância de inserir a juventude na política. Me coloco à disposição de todos e, também, a Associação Brasil Que Queremos.


Por Fernando Moreira, ex-vereador de Jaboatão dos Guararapes, coordenador do Movimento Pernambuco Que Nós Queremos (MPQ) e membro da Associação Brasil Que Queremos


#maisjaboatao #jaboatãodosguarrapes #jaboataodosguaarapes #parlamentojovem #juventude #bezerros #bezerrospe #agreste #agrestepe #política #pernambuco