• Da Redação

Após morte de mãe e filho atropelados por caminhão, população faz protesto na BR-101

Após 4 horas de protestos os bombeiros conseguiram apagar o fogo, desobstruir a pista e liberar o trânsito na área





Da TV Jornal

Foto: TV Jornal / Reprodução



O protesto começou no início da tarde desta quinta-feira (21). Com restos de carros e eletrodomésticos, os moradores da comunidade do Jordão Alto bloquearam uma parte da BR-101, na altura do quilômetro 77.


Todos estavam revoltados com o acidente que acabou vitimando Maria Aparecida Honorato, de 27 anos, e o filho dela, Bernan Gabriel Honorato Martins, de 6 anos de idade. Os dois foram atropelados por um caminhão ontem à noite, as margens da rodovia. Segundo testemunhas, o motorista do veículo teria tentado desviar de uma moto que cruzava a pista e acabou atingindo mãe e filho.


Eles foram levados para o Hospital da Restauração, mas o pequeno Bernan não resistiu aos ferimentos. Já Maria Aparecida permanece internada em estado grave na unidade de saúde. Nas mãos de seu Janiel, que é tio da vítima, estava a máscara que era utilizada por Bernan no momento em que tudo aconteceu. Ele não conseguia se conformar com o destino do menino.


Os moradores da área denunciam qie este não foi o primeiro atropelamento que aconteceu no local. eles reclamam da falta de sinalização para pedestres na área

O protesto gerou um engarrafamento quilométrico na BR. Além de pedir sinalização e uma passarela na área, os manifestantes denunciaram a falta de assistência do hospital da restauração a Maria Aparecida. Segundo Diego Honorato, primo dela, a vítima ainda estaria a espera de um leito de UTI na unidade de saúde.


Após 4 horas de protestos os bombeiros conseguiram apagar o fogoc desobstruir a pista e liberar o trânsito na área


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #jordão #polícia #br101 #pernambuo


2 visualizações