top of page

Afya Jaboatão realizará a formação da primeira turma do Mais Médicos de Pernambuco


Da Folha de Pernambuco

Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco


A Afya Faculdade de Ciências Médicas de Jaboatão promoverá a formação de novos médicos completamente integrados ao Sistema Único de Saúde (SUS) por meio do programa Mais Médicos. Neste ano, a instituição celebra a formação de sua primeira turma. Composta por 32 alunos, ela se diferencia por ser a primeira no Estado de Pernambuco formada em completa integração com a iniciativa do governo federal.


O programa de ensino, que obteve a chancela do Ministério da Educação, reúne as melhores propostas pedagógicas e de implantação de residência, causando um grande impacto social na região. “Nossa primeira turma é oriunda de uma parceria da instituição com o SUS local. A matriz curricular metodológica garante que o curso esteja completamente inserido na rede de saúde, possibilitando a formação de um médico mais consciente do seu papel social”, afirma a diretora-geral da Afya Jaboatão, Vanessa Piasson.


A instituição conta com um ambiente educacional que disponibiliza o uso de tecnologia de ponta desde o início da graduação. Nos laboratórios e salas de aula, os alunos têm contato direto com softwares desenvolvidos especificamente para a prática médica e que também auxiliam na vida profissional, representando um grande diferencial para o estudo da medicina.


Repasses ao SUS


A entrega para a sociedade se intensifica por meio dos repasses realizados pela instituição ao SUS. “Nosso plano de contrapartida para a saúde pública é estabelecido por meio de um contrato organizativo junto à Secretaria de Saúde de Jaboatão. Assim, 10% da receita bruta do curso são repassados ao Sistema Único de Saúde. Esse repasse acontece por meio de obras em unidades da família que incluem reformas, construção, formação de agentes comunitários ou preceptores, e compra de equipamentos.”


Neste ano, a unidade de ensino será responsável pela construção de um ambulatório-escola composto por 15 salas e equipado para a realização de procedimentos de diversas especialidades. Por mês, cerca de mil pessoas poderão ser atendidas no local, o que deverá a auxiliar no andamento da fila do SUS no município de Jaboatão dos Guararapes.


No local, estudantes da Afya poderão vivenciar na prática a realidade do atendimento público. “Levamos os alunos para a comunidade, garantindo um atendimento mais atencioso, com uma anamnese mais profunda. Assim, toda a comunidade sente o impacto do curso de medicina”, destaca Vanessa.


Atualmente, por meio do convênio com a gestão municipal, as aulas práticas levam profissionais em formação para mais de 50% das unidades da família do município. “Imagina a força do trabalho e de apoio na equipe de saúde com projetos de extensão, informação e cuidado”, observa a gestora.


Residência médica


A formação médica na instituição vai além da graduação. Focada em estar presente durante toda a jornada do futuro profissional de saúde, a Afya também oferta um plano de residência médica que tem como foco as áreas prioritárias do município.


“Nosso programa faz parte do edital de seleção do Governo de Pernambuco e está aberto nas áreas de medicina da família e comunidade, clínica médica, pediatria, ginecologia e obstetrícia e cirurgia geral. São programas com o compromisso de trazer médicos formados para ajudar a população com mão de obra especializada”, completa Vanessa.


Todos os marcos já conquistados também impulsionam a instituição para o futuro. “Neste ano, passamos a integrar outro grupo educacional. Nossa história foi consolidada com o grupo Tiradentes, que trouxe bases fortes e valores importantes para a instituição. Mas, agora, passamos a fazer parte do grupo Afya que tem vocação e foco na carreira do médico, cuidando da jornada desde a graduação até a gestão do consultório”, avalia Vanessa.


Para auxiliar no desenvolvimento do aluno, a instituição deverá inaugurar um novo campus nos próximos meses. “Teremos uma nova estrutura com mais tecnologia e possibilidades para a formação do médico. Vamos melhorar o conforto para o nosso estudante, para o nosso colaborador e para os nossos professores, com novos espaços de aprendizagem”, diz a gestora educacional.


O local também será equipado com novos laboratórios e um novo centro de simulação. Nos centros de aprendizagem, o aluno pode testar as técnicas aprendidas durante as aulas práticas em bonecos hiper-realistas que são capazes de reagir aos estímulos recebidos. “Estamos buscando certificações internacionais com esses novos espaços. São salas de aula que contam com a concepção de uma metodologia ativa e que prioriza o protagonismo do aluno.”


Eficácia no aprendizado


Visando uma maior eficácia do aprendizado, a instituição de ensino garante que os alunos possam contar com turmas de tutoria e recebam orientações em grupo, o que auxilia a proximidade do estudante com o educador. Outro diferencial está nas oportunidades oferecidas para durante a graduação.


“Com o grupo Afya poderemos oferecer intercâmbio entre as instituições e a participação de programas nacionais de pesquisa e extensão. Hoje somos um ecossistema com várias marcas. Temos 45 unidades que estão distribuídas em 18 estados. Estamos presentes em todas as regiões, com exceção do Sul. É uma marca importante que garante a educação continuada”, destaca Vanessa.


Além disso, a instituição se dedica a oferecer uma base de conteúdo atual e moderna, que esteja disponível para a consulta a todo tempo. “Nosso acervo está extremamente atualizado com pesquisas de ponta atuais para os estudantes. Também temos softwares para os nossos professores, que ajudam nesse apoio e suporte educacional. Disponibilizamos o white book, que auxilia na tomada de decisão no consultório, por exemplo”, completa Vanessa.


Resultados conquistados


Para a gestora educacional, observar os resultados já conquistados é motivo de felicidade e realização enquanto profissional. “Tenho um orgulho muito grande por contribuir com a gestão da equipe, dos projetos e por consequência com o desenvolvimento da saúde. A educação é meu propósito de vida. É algo muito forte que não se muda e não se tira, tem uma base sólida e que ajuda na movimentação social. Fico feliz em olhar para trás e ver toda essa história."


Segundo Vanessa, durante os seis anos percorridos desde a concepção da unidade de ensino até a primeira formação de alunos, os desafios enfrentados ajudaram a solidificar o projeto da Afya Jaboatão. “Conquistamos espaços e colocamos na prática um curso coerente e que preconizava o projeto pedagógico. É uma realização poder entregar esses médicos formados com a consciência de que eles são fortes e que têm esse componente de cidadania muito forte na sua atuação. Hoje podemos ver uma Afya Jaboatão forte e preparada para os próximos passos”, conclui.

Comments


bottom of page