• Da Redação

Adolescente que agrediu colega dentro da escola é indiciado por ato infracional análogo a homicídio

A vítima foi agredida por outro aluno da instituição, de 15 anos, que vai responder por "ato infracional análogo ao crime de homicídio culposo", quando não há intenção de matar




Do Jornal do Commercio

Foto: Reprodução/TV Jornal


A Polícia Civil concluiu, na última sexta-feira (23/07), as investigações sobre a morte de um adolescente dentro da Escola de Referência em Ensino Médio Frei Romeu Peréa, em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana d Recife, no dia 22 de junho. A vítima, de 17 anos, foi agredida por outro aluno da instituição, de 15 anos, que vai responder por "ato infracional análogo ao crime de homicídio culposo", quando não há intenção de matar.


Em nota, a PCPE informou que o inquérito já foi remetido ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE). O adolescente morreu durante uma "brincadeira de brigar", no intervalo das aulas, na escola pública estadual. Câmeras de segurança registraram o momento da "brincadeira". Caído no chão, o jovem ficou desacordado e foi levado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro do Curado, mas não resistiu.


Laudo médico

Inicialmente, o laudo médico registrava um caso de morte súbita, mas após a chegada das informações obre as circunstâncias da morte, a polícia foi acionada.


Nota da PCPE

A Polícia Civil informa que as investigações foram concluídas e o Inquérito foi remetido ao Ministério Público. As investigações, depoimentos e outros elementos coletados indicaram, conforme o Código Penal, para o cometimento de um ato infracional análogo ao crime de homicídio culposo. O trabalho policial foi realizado com dedicação e dentro da técnica e da legalidade, de modo a elucidar as circunstâncias da ocorrência que culminou na morte do estudante de 17 anos.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararaes #jabataodosguararapes #pmpe #pcpe #polícia #escola #pernambuco



3 visualizações