• Da Redação

Última missa do ano reúne fiéis no Monte dos Guararapes

Atualizado: 4 de Jan de 2020

Mais de mil pessoas se reuniram para participar da missa, presidida por dom Fernando Saburido






Da Assessoria de Imprensa

Foto: Divulgação

Agradecer pelo ano velho que finda e pedir bênçãos para o ano novo que chega. Essas foram as principais motivações dos fiéis que participaram, nesta quarta-feira (31/12), da missa campal celebrada no pátio do Santuário de Nossa Senhora dos Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife. A liturgia fez referência ao dogma mariano da maternidade de Deus: sendo mãe de Jesus, que é Deus Homem, Maria é para a Igreja a mãe de Deus (Theotokos). O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, presidiu a missa, que foi concelebrada pelo reitor do Santuário, dom Marcos Ferreira do Carmo; pelo pároco de Nossa Senhora do Rosário, padre Ivanilson Silva; e pelo pároco de Santo Antônio de Prazeres, padre Gerson Aparecido dos Santos.


A missa de fim-de-ano no Santuário está se tornando uma tradição. A igreja do século XVII transforma-se num cenário perfeito para a ocasião, quando muitas famílias se juntam para louvar e honrar o Senhor na Eucaristia. Localizada no alto do Monte Guararapes, palco de batalhas durante a Insurreição Pernambucana, o santuário é administrado pelos monges beneditinos desde sua fundação, em 1656. Em seu interior, a igreja possui imagens barrocas e obras de arte dos séculos XVII e XVIII e acolhe também os restos mortais de Vidal de Negreiros e Fernandes Vieira, heróis nas batalhas dos luso-brasileiros contra os holandeses.


Para o arcebispo, voltar ao santuário é sempre bom, pois é um centro de espiritualidade importante. “Sempre frequentei este lugar como monge beneditino que sou e sinto que é preciso alimentar essa relação com a comunidade beneditina, com este lugar dedicado a Nossa Senhora (dos Prazeres), de forma que me alegro em estar aqui para esta celebração”, afirmou o arcebispo.


O reitor do santuário, dom Marcos, diz que é uma satisfação dupla ter dom Fernando na presidência da celebração. “Além de ser o pastor da nossa Igreja de Olinda e Recife, dom Fernando é meu primo, e eu o recebo sempre com muita satisfação, com espírito de família”. Outros familiares de dom Fernando e dom Marcos participaram da celebração, que terminou às 22 horas. “Vir até este lugar tão bonito e viver esse momento em família é muito bom”, comentou Dulce Saburido, irmã de dom Fernando.


Já celebrando a solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, mais de mil pessoas se reuniram para participar da missa. Cadeiras foram dispostas no pátio pela Comunidade Obra de Maria para acolher bem os fiéis. A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes disponibilizou banheiros químicos e uma ambulância. A organização agradou os que foram até o local.


Entre os fiéis, dona Luíza, de 90 anos, esqueceu a idade e subiu o monte. Junto com sua filha, estava feliz e até tirou foto com o arcebispo. O pequeno Lucas, de 4 anos, foi pela primeira vez à celebração, mas o sono venceu e ele passou todo o tempo nos braços do pai, Jorge dos Santos. A enfermeira Teresinha de Jesus veio repetir a experiência do ano passado: “Vim de novo porque dom Fernando é um arcebispo muito querido e aqui em cima é muito bonito, ventilado e agradável, eu me sinto perto de Deus”, disse.


#maisjaboatao #jaboatãodosguararapes #pernambuco #açãodegraças2020 #prazeres

0 visualização